Gestão de Frota

Controle de Frota: 4 melhores métodos para monitorar suas cargas

Controlar sua frota com 100% de confiança: mais fácil falar do que fazer, certo? Mas saiba que existem métodos seguros e eficientes para melhorar a qualidade das entregas.

Confira abaixo 4 métodos para controlar sua frota, desde os clássicos até as tecnologias de ponta!

4 Métodos para controlar sua frota

#1 Whatsapp

O Whatsapp é um aplicativo para envio de mensagens por smartphones. Estima-se que o aplicativo tem mais de 120 milhões de usuários no Brasil e segundo pesquisa da Revista “O Carreteiro”, 98% dos caminhoneiros se comunicam pela ferramenta.

Devido a essa popularidade, acaba sendo a ferramenta mais popular para “controlar a frota”. Transportadoras criam grupos no aplicativo para enviar mensagens aos seus motoristas e em casos excepcionais até embarcadores usam o Whatsapp para conversar com caminhoneiros autônomos.

Prós

"Pronto para uso"

Já que praticamente todos os motoristas têm o Whatsapp, você não precisa treiná-los para usar a ferramenta. Além disso, você provavelmente tem o aplicativo no seu celular também.

Comunicados em grupos

Em vez de repetir a mesma mensagem para cada motorista da sua frota, você pode publicar em um grupo do Whatsapp as informações.

Permite anexos

Você pode enviar fotos e vídeos para seus motoristas. Caso eles sofram uma ocorrência, podem enviar pelo smartphone uma foto do que aconteceu.

Contras

Pode ser um ambiente de “distração”

O Whatsapp é usado para conversar com amigos e família - não é uma ferramenta corporativa. Isso significa que seus motoristas podem se distrair com assuntos particulares em vez de conferir suas mensagens.

É difícil de manter registro

Embora o Whatsapp não delete suas mensagens, depender de grupos na plataforma para controlar sua frota não é o ideal. Avalanches de mensagens são comuns no app e você pode perder tempo procurando informações específicas.

Coloca a vida do motorista em risco

Solicitar informações como a localização ao seu motorista pelo Whatsapp não é uma boa ideia. Ele provavelmente terá que responder enquanto dirige, o que é ilegal e perigoso.

#2 Planejar rotas e paradas

A maioria das transportadoras planejam com o motorista por onde o caminhão vai circular antes de partir para a estrada. Estabelecer uma rota requer trabalho se não utilizar software de rastreador, mas garante segurança. Além disso, usar um rastreador torna o gerenciamento da entrega mais fácil.

Estabelecer as paradas também faz parte do trabalho de roteirização, no qual serão identificados os locais onde o motorista vai descansar durante sua jornada.Já o serviço de rastreador acompanha via satélite ou rádio frequência a situação de toda sua frota e registra dados sobre produtos, trajetos, cargas e destinos.

Prós

Facilita o monitoramento da entrega

Ao combinar com o motorista a rota do frete, você pode acompanhar com maior segurança onde o motorista está.

Os dados do rastreador também permitem que você produza relatórios e assim identifique com precisão erros operacionais que devem ser eliminados.

Torna as estimativas de entrega mais precisas

Basta calcular a distância em quilômetros até o destino para levantar uma média de tempo necessário para o frete. Além disso, você pode estimar o tempo que o motorista levará para chegar em cada parada

Paradas em locais econômicos

Combinar a rota com antecedência permite que pesquise os lugares mais baratos para as paradas. O motorista pode abastecer em postos onde tem um convênio e dormir onde cobram as menores taxas.

Contras

Menos jogo de cintura

A roteirização acaba “determinando” o percurso do motorista. Isso significa que ele fica sujeito a rota estabelecida e caso algum imprevisto ocorra, ele provavelmente terá que aguardar num posto.Imagine um acidente de trânsito que cause um congestionamento: com a rota definida o motorista acaba ficando preso no sufoco em vez de buscar outras rotas.

Demanda tempo

Planejar a rota significa que o gestor logístico vai ter que perder um tempo do seu dia para determinar por onde o motorista vai circular. Se isso for necessário para cada caminhão da frota, o gestor pode perder metade da sua jornada de trabalho só fazendo roteirização.

Requer recursos financeiros

Se você optar por um software de roteirização você terá que gastar dinheiro com isso. Investir significa diminuir seu orçamento, o que pode ser bom devido ao aumento de performance, mas ruim no curto prazo para suas contas.

E se você ainda quer todos os benefícios do rastreador, você terá que pagar mais caro ainda. O serviço custa em média R$400 por veículo na sua frota caso faça o aluguel do equipamento. Já se você optar pela compra, o preço pode subir até R$ 6 mil por caminhão!

Se você deseja uma opção mais em conta, procure as plataformas online de gestão logística. Uma delas é o Fretefy, que permite tracking da rota em tempo real até a carga chegar no destino.

#3 Combinar horários para ligação

Esse método de controlar frota existe desde a popularização do celular. Ou seja, há mais de 10 anos que gerentes logísticos determinam horário para ligar ao motorista e saber como está a entrega.

E antes mesmo do celular havia a ligação pelo orelhão no posto de gasolina. Assim que o motorista parava o veículo, ele ligava para o gestor saber onde estava com a carga.

Hoje em dia o “marcar horário para ligação” ainda é bem popular, principalmente nas transportadoras familiares, que há anos adotam essa prática.

Prós

Simples e barato

Ligar pelo telefone não tem segredo. Todo mundo saber como fazer e não requer “treinamento”. As ligações também custam mais barato que outros métodos, como uso de softwares por exemplo.

Fluxo fácil de encaixar para o gestor de frota

Para o gestor, basta marcar o horário e lembrar de ligar para o motorista. Ele pode inclusive colocar um alarme no celular para recordar do compromisso. Assim, evita-se que o monitoramento “caia no esquecimento”.

Contras

Pode ser um perigo para o motorista

Embora tanto o motorista quanto o gestor da carga combinem um horário no qual o caminhão vai estar parado, pode acontecer de ligar por acidente enquanto o motorista está dirigindo.

Isso é perigoso para a vida do motorista e ilegal, por isso muita atenção para marcar um horário e ligar quando o caminhão não estiver em movimento.

Você ou o motorista podem esquecer de ligar

Embora você marque horário para ligar ao motorista, pode ser que você esqueça devido ao ritmo acelerado do seu dia a dia.

Você só vai lembrar de ligar no caso de o contratante da carga te cobrar a situação da entrega - então você vai ligar na hora para o motorista e pode ser que ele esteja dirigindo ou dormindo.

O motorista também pode esquecer de ligar quando estiver no posto abastecendo o veículo ou descansando.

Necessita da disponibilidade do celular

Se o celular estiver sem crédito você já não consegue fazer o monitoramento. O mesmo acontece se a bateria acabar. Ou pode ser que o sinal da operadora não chegue no trecho em que o caminhão está parado.

#4 Plataforma online de gestão logística

A internet revolucionou todas as atividades econômicas, incluindo a logística. No setor, a última inovação são as plataformas 100% online, que rodam direto do navegador e permitem tracking em tempo real da frota.

Prós

Painel inteligente com todas as informações que precisa

Basta abrir o navegador e você sabe exatamente a localização de cada motorista, além de indicadores de performance que você acompanha para aumentar a qualidade das suas entregas.

Integração com outros softwares

Você pode integrar seu rastreador e sistema ERP na plataforma para reunir em uma única tela todos os dados logísticos que necessita.

Contratação de transportadores

Funcionalidade “uber de cargas” permite que você conecte rapidamente a sua carga com um transportador pré-selecionado, considerando os fatores: perfil do motorista, localização, modelo de caminhão e carroceria.

Todas essas funcionalidades estão na plataforma de gestão logística Fretefy

Contras

Requer pagamento de mensalidades

Embora a mensalidade seja um valor baixo pela quantidade de benefícios oferecidos por uma plataforma online, vale salientar que a implementação tem um custo.

Tem que “lembrar” de usar

A plataforma online é super fácil de ser utilizada, mas você precisa lembrar de abrir ele no seu navegador da internet. Infelizmente, pode acontecer do gestor não desejar mudar sua rotina para adotar a plataforma.

Não é o ideal para transportadores de pequeno porte

As plataformas online oferecem um leque vasto de recursos, que podem ser demais para uma transportadora de pequeno porte que dependa de caminhões VUC ou furgões para entregas.