Agilidade é essencial para sua transportadora se manter competitivo. Afinal, o que importa é a velocidade da entrega. O problema é que às vezes o que falta para ser rápido é gestão.

Confira 3 dicas que todo gestor operacional deve seguir para agilizar uma transportadora!
 

#1 Deixar visível para todos os KPIs

 

Os KPIs (Key Performance Indicators) são indicadores que avaliam a performance da sua transportadora sob uma série de quesitos.

KPIs podem ser nível de serviço de entrega (tempo que demora para a carga ser entregue), índice de ocorrências (quantidade de imprevistos, como avarias) e percentual de cargas rastreáveis.

Se você quiser saber mais sobre KPIs, veja nosso artigo sobre táticas para um operador logístico!
 

Por que isso agiliza o gestor operacional?

 

Primeiro, pela prestação de contas. Se o gestor tiver que fornecer as KPIs para todos os funcionários toda semana, ele se força a criar um processo de monitoramento constante.

O ideal é ter um quadro negro num ambiente comum da empresa para que os dados sejam vistos por todos os funcionários. Assim, a eficiência deles melhora também pois fica óbvio o que está funcionando ou não na organização.

 

#2 Estabelecer um plano de comunicação com todos os departamentos

 

O gestor operacional deve implementar uma estratégia de comunicação para cada departamento da empresa. Todos devem ficar ciente dos planos para a organização, as metas e resultados de forma personalizada.

Pense por exemplo no caminhoneiro. Esse colaborador está o dia todo na estrada, na correria para entregar o frete no prazo. O ideal é fazer uma comunicação sucinta e direto ao ponto com ele – por que não por Whatsapp?

Já para o CEO da empresa, vale a pena uma reunião em pessoa para discutirem com calma todos os detalhes.

 

Por que isso agiliza o gestor operacional?

 

Por que diminui os ruídos causados pela comunicação ineficiente. Gestores perdem muito tempo respondendo e-mails para dúvidas pequenas, que poderiam ser esclarecidas desde o início com uma estratégia de comunicação boa.

Além disso, não importa nada se o gestor se comunica igualmente com todos os departamentos. Cada um tem prioridades diferentes e vai prestar atenção no que o gestor fala de forma diferente. Por isso, comunique-se da forma que mais convém para cada tipo de colaborador.

 

#3 Criar um fluxograma atualizado

 
Um fluxograma ajuda todos entenderem exatamente o que acontece numa empresa. É a forma mais fácil de representar os processos até um frete ser entregue ao cliente.

Todo fluxograma tem um início e um fim. No meio, vai todas as etapas e decisões que sua transportadora toma até a entrega da carga. Existe uma ferramenta online gratuita para criar fluxogramas.
 

Por que isso agiliza o gestor operacional?

 
Um fluxograma ajuda a transportadora identificar gargalos ou entraves que estejam prejudicando a produtividade da transportadora. O gestor descobre exatamente o que acontece no dia a dia na empresa, como momentos de tomada de decisão (gargalos comuns).

Quando o passo a passo da transportadora fica representada de forma enxuta num papel, o que antes parecia caótico e difícil de entender, fica fácil.