Milk Run (em português Corrida do Leite) é o nome de um sistema comumente usado em transportadoras. Para saber como o método contribui com sua empresa, conheça o que é milk run e como usá-lo.  

O que é o sistema Milk Run?

O nome Milk Run vem de um processo em que o transportador precisava passar em duas ou mais fazendas para retirar o leite, sempre tomando cuidado para não cruzar caminhos pela rota. Depois que o leite foi retirado, ele devia ser entregue a uma empresa de laticínio.

O Milk Run (MR) é um sistema logístico de coletas de materiais em que o mesmo veículo faz todas as paradas e a entrega é realizada em uma data e horário pré-estabelecidos.

Ao longo dos anos, o sistema tem sido cada vez mais usado pelas empresas, em especial as transportadoras. Isso porque o Milk Run permite um maior controle sobre todo o processo de entrega.

Demonstração Fretefy

Como funciona o sistema Milk Run?

O sistema Milk Run conta com um único meio de transporte para realizar a coleta de determinada carga em cada um dos pontos, sempre respeitando o trajeto e os horários estabelecidos e planejados com a roteirização da frota. Com a coleta concluída, o condutor realiza a entrega em seu destino final.

O MR funciona de forma diferente do sistema tradicional de logística, em que o fornecedor é quem entrega a carga ao cliente.

Objetivos do sistema Milk Run

A aplicabilidade do mik run existe para alguns fins específicos dentro das empresas de transporte de cargas. Entre os principais, destacam-se:

  • Reduzir custos;
  • Ter maior controle sobre as cargas em trânsito;
  • Reduzir os níveis de estoque;
  • Uniformizar o volume de recebimento de mercadorias;
  • Agilizar o carregamento e descarregamento de cargas.

Benefícios do sistema Milk Run

  • Programar os embarques de acordo com as necessidades dos clientes com horários e datas pré-estabelecidas;
  • Estoques reduzidos por conta da pulverização dos embarques;
  • Redução no tempo de operação interno e otimização dos processos rotineiros;
  • Otimização do espaço das cargas dentro do veículo, reduzindo consideravelmente os custos relacionados ao movimento de mercadoria;
  • Melhora nos serviços de manuseio das cargas por conta da padronização de embalagens e maior agilidade no processo de carregar e descarregar o veículo;
  • Redução nos custos com manutenção de estoques;
  • Redução nos custos referentes à tabela de frete;
  • Aumento no giro dentro do estoque, diminuindo os prejuízos da área;
  • Diminuição no tamanho da frota, reduzindo os custos com manutenção, combustível;
  • Redução de carregamentos inativos;
  • Redução nos níveis de estoques nos fornecedores;
  • Implementação do Sistema Just in Time (JIT) entre fornecedor e empresa;
  • Redução no índice de avarias e perdas durante o trajeto.

O sistema Milk Run pode ser uma boa solução para resolver problemas logísticos dentro das transportadoras. Sua empresa já atua com este método? Para conhecer formas de otimizar o uso de frota, seja ela autônoma ou terceirizada, clique aqui e conheça o Fretefy.

O Fretefy é uma ferramenta 100% online que possibilita a gestão eficiente de cargas e veículos através da oferta de cargas, buscas de veículos, cargas compartilhadas, acompanhamento de rota, entre outras funcionalidades que agilizam a operação e aumentam a lucratividade.