dicas de logística

Qual a diferença entre frete CIF e FOB?

Entender a diferença entre as modalidades CIF e FOB é crucial para não errar na hora de fazer a cobrança do frete. Ambas são abreviações de termos em inglês e determinam quem fica encarregado por pagar pela segurança do frete. Isso inclui encargos por gerenciador de riscos e seguro.

O que é frete CIF?

CIF em inglês quer dizer Cost, Insurance and Freight, o que traduz para “custo, seguro e frete”. Nessa modalidade de frete, quem fica responsável por pagar a gerenciadora de riscos e a seguradora é o fornecedor.

O que é frete FOB?

FOB em inglês significa Free On Board, o que em português seria “livre a bordo”.Nesse tipo de frete o comprador paga pela gerenciadora de riscos e a seguradora.

Qual a diferença entre frete CIF e FOB?

A principal diferença é na hora de fazer a cobrança pelos riscos do frete. No frete CIF, o fornecedor é responsável pela segurança da carga até a entrega. No frete FOB, quem é encarregado pelos custos de segurança é a contratante do serviço de entrega. Confira na tabela mais informações:

Frete CIF

O que é: contrato de transporte de carga entre um comprador e um vendedor

Quem paga os custos: a empresa fornecedora

Responsável pelo produto: a empresa fornecedora

Quando a mercadoria é considerada entregue: quando chega às mãos do comprador

Frete FOB

O que é: contrato de transporte de carga entre um comprador e um vendedor

Quem paga os custos: o cliente contratante

Responsável pelo produto: o cliente contratante

Quando a mercadoria é considerada entregue: a partir do momento em que é colocado no veículo para transporte

Quando os fretes CIF e FOB são utilizados?

O frete CIF é usado nas relações B2C (business to consumer), na qual a venda é feita para o consumidor final. Nesse caso, é vantajoso para o fornecedor pagar pelos riscos, pois pode perder vendas caso deixe na mão do comprador. Imagine se chegasse uma camiseta pelo correio para o seu José e chega junto mais uma conta? O frete FOB é utilizado para o transporte de mercadorias de alto valor agregado em relações B2B (business to business). Deixar os encargos por parte do comprador nesses casos é mais vantajoso, pois os seguros para itens custosos diminuiria a lucratividade do transportador.

Custos do frete CIF e FOB

No frete CIF, o valor pela segurança do produto é embutido no seu custo. Assim, é repassado ao cliente junto com as outras despesas do frete e geralmente ele nem fica sabendo do que se trata.É o caso da venda em e-commerce, na qual o comprador paga uma taxa única de frete com o CIF já incluso. Já no frete FOB, o valor não é embutido e fica evidenciado para o contratante. Assim, ele tem maior controle sobre o quanto gastou para assegurar a segurança da mercadoria até chegar em suas mãos. Em ambas modalidades, o documento fiscal do frete deve indicar o ICMS, IPI, PIS e CONFINS para cálculo de tributos.

Leia o Guia Completo para Gestão de Frota e aprenda mais sobre tipos de frete!