Tecnologia em Logística

Tecnologia em logística, por que é tão difícil investir?

A palavra de ordem hoje é “tecnologia”. Todo lugar tem alguém estufando o peito falando de sua importância. Porém, o que fazer com essa informação? Como investir em tecnologia logística? Caso seja um gestor logístico sabe que é difícil modificar qualquer detalhe da sua operação - qualquer tecnologia tem que vir para ficar e melhorar seus resultados. Continue lendo e descubra quais são os 5 obstáculos do gestor logístico para investir em tecnologia - e ainda tem dicas para superar esses obstáculos.

#1 Cultura Organizacional tradicional e hierárquico

Um dos maiores entraves do gestor é a própria empresa onde trabalha. Caso encontre uma tecnologia que otimize os seus processos logísticos ele terá que convencer seus superiores dos prós e contras. Isso significa que o gestor terá que fazer uma espécie de “pitch” e tentar “vender” a solução para a empresa. E mesmo após o convencimento, pode demorar até o setor financeiro fechar o contrato.

Em empresas tradicionais, o esforço necessário para o gestor convencer seus superiores pode ser tão grande que acaba desestimulando a implementação de uma tecnologia. Afinal, os gestores logísticos já perdem muito tempo só para manter a operação rodando do jeito que está - perder tempo com politicagem para investir em tecnologia não é uma boa.

Embora pareça difícil, a solução nesse caso é apresentar o tópico de maneira “persistente, mas gradual” na empresa. Sempre mencione as novidades tecnológicas e seus benefícios em reuniões e quando estiver falando com superiores. Assim, quando apresentar a tecnologia de fato, a ideia será mais familiar e aceitável para os superiores.

#2 “Muitas opções, difícil decidir”

Sempre se comenta sobre a necessidade da tecnologia para otimizar, economizar, melhorar, simplificar e por aí vai. Mas também já parou para pensar que existem diversas soluções tecnológicas para sua empresa? Como decidir? Quais são melhores para sua operação logística? Para isso, você precisa de tempo, leitura, ponderação e conversa.

A melhor solução para sua logística não virá de bandeja e nem será um fardo muito difícil de obter. Será a medida certa, com as funcionalidades que você precisa. Se quiser ver uma solução, conheça o Fretefy - plataforma de gestão logística para o transporte de ponta a ponta.

#3 Crise econômica e/ou política

Greves, instabilidade legislativa ou crises econômicas acabam impactando o investimento em tecnologia. Pense na tabela de frete, que durante seu impasse, tornou-se a principal preocupação dos embarcadores e transportadores. Em momentos de crise, as empresas se preocupam em aliviar a tensão e evitam investimentos. Assim, a implementação de novas tecnologias fica afetada.

A solução nessa hora é antecipar crises ou esperar que passem. O próprio nome já diz - crise. Nesses momentos dar um passo para trás é mais benefício até que as coisas se assentem.

#4 Mão de obra não qualificada

Não adianta nada adquirir uma tecnologia se a sua equipe não souber como usar. Por isso, a qualificação e treinamento da equipe é crucial para que a tecnologia nova realmente surta efeitos na empresa. Imagine por exemplo que você implemente um software de controle de jornada, que necessita que o motorista informe no aplicativo toda vez que começar ou parar de dirigir. Caso o motorista esqueça ou não saiba como incluir essa informação, seu investimento na tecnologia não vai render.

Como qualificar sua equipe?

A forma mais simples e direto ao ponto para “qualificar” sua equipe e tirar um “dia de folga” na empresa para treinar todos os colaboradores. Claro, sabemos que empresas no setor logístico estão sempre lutando contra o tempo e parar um dia que seja para treinamento pode prejudicar sua receita. Por isso, outra opção seria treinar funcionários “em lotes” - você pode fazer 10 dias de treinamento com 10% da sua equipe por dia sendo treinado. Assim, você prejudica menos o andamento do seu negócio.

Também há a possibilidade de sua equipe estudar em cursos de ensino superior com bolsa ou ainda em plataformas online gratuitas como a FGV Online ou Fundação Bradesco.

#5 Necessidade de investimentos mais urgentes

O investimento em tecnologias para eficiência e otimização acaba ficando de lado quando a empresa precisa investir pesado em coisas urgentes. Pense renovação de frota, contratação de equipe ou manutenção de equipamentos. Essas coisas são prioridade sempre em uma empresa de logística ou uma indústria embarcadora. E quando surgem, qualquer tentativa de investir em tecnologia é fracassada.

Por isso, quando esses períodos mais “catastróficos” chegam, marque na agenda para daqui a 2 meses bater um papo sobre investimento em tecnologia. Provavelmente, a empresa estará respirando novos ares e você poderá conversar com mais tranquilidade.

Leia também 5 desafios no escoamento de cargas das grandes indústrias

ESCRITO POR